Ecodesign – Bambu

No passado, o bambu já era identificado como excelente aliado da construção civil e agora reafirma sua posição com alternativas e aplicações cada vez mais funcionais. Esteticamente, harmoniza-se com outros materiais, como madeira, vidro, concreto e pedra.
O termo sustentabilidade é perfeito para descrever uma plantação de bambu, cujos cortes são seletivos e perpétuos, não havendo jamais a eliminação total do bosque. A espécie também presta relevantes serviços ambientais, como combate à erosão, proteção de recursos hídricos e regeneração de bacias hidrográficas, além de criar inúmeros empregos, promovendo ainda a fixação da mão de obra no campo.

Há mais de 1.400 espécies de bambu, cada variedade com uma aplicação.
As espécies mais usadas no Brasil para construção são Bambu Gigante (Dendrocalamus Giganteus), aplicado em pilares, vigas, réguas para decks, revestimentos e cercas; Mosso (Phyllostachys P. Nigra), utilizado em vigas menores, caibros e réguas para revestimentos, pérgulas, cercas; e Cana da Índia ou Bambuira (Phyllostachts Aurea) para forrações diversas, detalhes, arremates e acabamentos.